E se…

Alô, Alô, Bom Dia,

E se…

Eu tivesse optado por outra forma de contribuir com o mundo, que não com o Bom Dia Hoje?

Como é que seria minha vida?

Como eu me sentiria?

Como o mundo me conheceria?

“Na vida, nós temos que saber escolher e não nos arrependermos, pelo seguinte: quando eu tenho que fazer alguma coisa, eu faço para não me arrepender de não ter feito, porque quando você não faz, você se arrepende muito mais e carrega aquilo pelo resto da vida”.

Esta frase não é minha (infelizmente). Ela foi dita por Olympio Araújo, um jovem senhor de mais de 80 anos de idade.

Ela é o foco deste capítulo e vai orientar minha conversa com você para eu falar de arrependimentos e lamentos.

Arrependimentos e lamentos não te levam a lugar algum e normalmente começam com duas pequenas palavras: “e” e “se”.

Sozinhas são palavrinhas tão inofensivas quanto qualquer outra palavra isolada, que cumpre sua função. O “e” serve para unir ou conectar e adicionar, já o “se” tem a função de indicar que a ação do verbo afeta o sujeito da frase, é uma condicionante.

PENSAMENTO PARA FAZER DE HOJE, UM BOM DIA
“Se você não gosta de alguma coisa, mude-a. Se você não pode mudá-la, mude sua atitude. Não reclame.”
(Maya Angelou)
#sigmarsabin #tenhaumbomdiahoje #palestrasquetransformam

Até aqui não falei nada demais. Apenas tratei de umas poucas regras da língua portuguesa.

Agora pegue estas duas palavrinhas “e” e “se” e coloque elas juntas, lado a lado. Elas têm o poder de te assombrar pelo resto da sua vida: E se? E se? E se?

Pare por um instante e pense em quantas vezes elas te fizeram desistir de um sonho, de um novo projeto de vida, de uma viagem, de um grande amor, de simplesmente tentar outra vez?

Assim que me deparei com este questionamento e com a frase que abriu a mensagem do hoje, muitos “e se” formaram-se em minha cabeça. Muitos deles me deram a certeza de que a decisão tomada numa certa ocasião foi acertada, pois me permitiram celebrar o erro de ter feito, ao invés de ter que conviver com o lamento de nem ter tentado.

Vou finalizando este capítulo com uma afirmação: a solução de um problema pode parecer distante, intransponível. E a distância pode separar corpos, mas nunca separar os corações. Então, depende de você fazer algo importante.

“E se…”

Você tentasse fazer de hoje o melhor dia da dia vida?

Pense Nisso.

Tenha um Bom Dia Hoje.

Até a próxima.

Sigmar Sabin
Palestrante, Escritor, Professor e Aprendiz da vida.
#tenhaumbomdiahoje, #professorsigmarsabin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.