Busque inspiração nos grandes personagens da humanidade…

Alô, Alô, Bom Dia,

O que você olharia se tivesse apenas três dias de visão?

E se além da falta de visão, também não pudesse ouvir. E partir desse momento, seu contato com o mundo fosse determinado pelo tato?

Talvez, você não consiga imaginar como é que seria viver dessa maneira. Mas, garanto para você, que se não se permitisse sucumbir pela tristeza da perda desses sentidos, teria um aprendizado riquíssimo, para ser aplicado imediatamente em sua vida a partir de agora!

PENSAMENTO PARA INSPIRAR UM BOM DIA HOJE
“Várias vezes pensei que seria uma benção se todo Ser humano, de repente, ficasse cego e surdo por alguns dias no princípio da vida adulta. As trevas o fariam apreciar mais a visão e o silencio lhe ensinaria as alegrias do som.”
(Helen Keller)
#sigmarsabin #tenhaumbomdiahoje #palestrasquetransformam

Hoje eu trago para você, conhecer um pouco melhor, uma personalidade inspiradora, chamada: Helen Keller.

Helen Keller nasceu em 27 de junho de 1880, em Tuscumbia, no Estado do Alabama, Estados Unidos.

Foi dos maiores exemplos de que as deficiências sensoriais não são obstáculos para se obter sucesso. Helen Keller foi uma extraordinária mulher, triplamente deficiente, que ficou cega e surda, desde tenra idade, devido a uma doença diagnosticada na época como febre cerebral (hoje acredita-se que tenha sido escarlatina).

Helen cresceu num universo escuro e silencioso, porém, em 1887, sua vida ganhou um grande sopro de esperança com a chegada de Anne Sullivan, uma irlandesa de 21 anos de idade, ex-cega e recém-formada pela Escola de Cegos Perkins, em Boston, que aceitou o desafio de educá-la.

Durante um mês, Anne Sullivan ensinou Helen a soletrar palavras com os dedos de uma mão, enquanto tocava um objeto com a outra. Helen aprendeu, porém, não sabia que estava formando palavras, pois, naquele momento, não sabia que elas existiam.

Certa vez, Anne mergulhou a mão esquerda de Hellen num balde d’água e soletrou “água”, com a outra mão. Repetiu várias vezes a operação e o milagre aconteceu: Helen entendeu que “água” era o nome do líquido que sentia pelo tato.

Até o fim daquele dia, aprendeu mais trinta palavras e em pouco tempo dominou o alfabeto Braille, demonstrando incrível facilidade em ler e escrever.

Aos dez anos aprendeu a falar e se propôs a cursar a faculdade. Em 1904, com vinte e quatro anos, formou-se com louvor, sendo a primeira cega e surda a completar um curso universitário.

Tornou-se escritora, conferencista e ativista social, dedicando toda a sua vida aos direitos das mulheres, pobres e deficientes.

Certamente sua história de vida a transformou em um dos maiores exemplos para a humanidade, de que as deficiências físicas não são obstáculos para se obter sucesso. Mostrou isso superando todas as barreiras de sua vida, tornando-se uma das mais notáveis personalidades do século XX.

Ela sempre dizia que “nunca se devia engatinhar, quando o nosso impulso era voar”.

Helen Keller morreu no dia primeiro de junho de 1968, em Arcan Ridge, no Estado norte-americano de Connecticut.

Quantas vezes, você já reclamou, só por que o tempo não estava de acordo como que desejava naquele dia?

Inspire-se nessa magnífica mulher e revolucione sua vida a partir de hoje!

Reflita sobre isto, hoje.

Tenha um Bom Dia Hoje, e…

Até a próxima.

Sigmar Sabin
Palestrante, Escritor, Professor e Aprendiz da vida.
#tenhaumbomdiahoje, #professorsigmarsabin

Hei,, esta mensagem fez sentido para você? Então compartilhe sua opinião comigo, como um comentário aqui no site, no facebook, no linkedin ou mande um email. Que vou ficar muito feliz ao receber.

Agora se você não gostou. Comente também, para eu aprender e melhorar.

Indique o Bom Dia Hoje para seus amigos http://www.bomdiaHoje.com.br/cadastre-se/

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.